segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

A ORAÇÃO DO CONVERTIDO - Uma luminosa inspiração de Santo Agostinho de Hipona.

Oh Deus, criador de todas as coisas! 
Concedei-me primeiro o dom de saber pedir-vos; 
depois, o de fazer-me digno de ser escutado, 
e, finalmente, o de ser livre. 

Escutai, escutai, escutai-me, oh Deus meu! 
Meu Pai, causa minha, esperança minha, 
posse minha, honra minha, 
minha casa, minha pátria, 
minha saúde, minha luz e minha vida. 

Escuta, escuta, escuta-me! 
Dessa maneira tua, tão pouco conhecida. 
Amo somente a ti, 
só sigo a ti, 
só busco a ti, 
e só a ti estou disposto a servir, 
porque és o único que tem o direito de mandar, 
e só a ti desejo pertencer. 

Dá-me ordens, te peço; 
Sim, manda-me o que queiras, 
mas cura-me antes e abre meus ouvidos 
para que possa ouvir tu voz. 

Cura e abre meus olhos 
para que possa ver as indicações de tua vontade; 
afasta de mim a ignorância, 
para que te conheça. 

Diz-me onde tenho que olhar para ver-te, 
e confio em que cumprirei fielmente tudo o que me mandes. 
Amém, amém. 


(Texto: Soliloquios 1, 1, 2.4-5).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...