sábado, 7 de outubro de 2017

COMUNHÃO DOS SANTOS


"Cristo orou para que todos fossem Um como ele e o Pai são Um, na Unidade do Espírito Santo. Quando, portanto, você e eu nos tornamos aquilo que estamos destinados a ser, descobrimos não apenas que nos amamos mutuamente com perfeição, mas que estamos ambos vivendo em Cristo e Cristo em nós e que somos todos Um em Cristo. E veremos que é ele que ama em nós.


A perfeição última da vida contemplativa não consiste num paraíso de indivíduos separados, atento cada qual à sua própria intuição particular de Deus; é um oceano de Amor que flui através do único Corpo de todos os eleitos, todos os anjos e santos, e a contemplação deles seria incompleta se não fosse partilhada ou se o fosse com menor número de almas ou com espíritos suscetíveis de menor visão e de menos alegria."

Thomas Merton, Novas Sementes de Contemplação, Editora Fisus, 1999, pág. 70.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...